DICAS DE TEXTOS

LEIS E NORMAS:
  • ​BRASIL. Lei nº 7.287, de 18 de dezembro de 1884, que dispõe sobre a Regulamentação da profissão de museólogo.
    Disponível em: www.planalto.gov.br Acessado em: 2 mar. 2019.
  • ____________ Decreto nº 5.264 de 05 de novembro de 2004, que institui o Sistema Brasileiro de Museus. Disponível em: www.planalto.gov.br Acessado em: 2 mar. 2018.
  • ____________Lei nº 11.904 de 14 de janeiro de 2009, que institui o Estatuto de Museus.
    Disponível em: www.planalto.gov.br Acessado em: 2 mar. 2019.
  • ____________Decreto nº 5.264 de 05 de novembro de 2004, que institui o Sistema Brasileiro de Museus. Disponível em: www.planalto.gov.br Acessado em: 2 mar. 2019.
  • ___________ Ministério da Cultura. Plano Nacional de Cultura. Brasília, Min : 2007.
    Disponível em: www.cultura.gov.br Acessado em: 2 mac. 2018.
  • ___________ Ministério da Cultura. Política Nacional de Museus. Brasília, Min : 2007.
    Disponível em: www.museus.gov.br Acessado em: 2 mar. 2019.
  • ___________Ministério da Cultura. Política nacional de museus: relatório de gestão 2003-2006.
  • IBRAM. RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 29 DE AGOSTO DE 2014.
    Disponível em: RESOLUCAO_NORMATIVA_N_2_DE_29_DE_AGOSTO_DE_2014. Acessado em : 2 de mar. 2020.
  • IBRAM. RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2016.
    Disponível em: resolucao-normativa-n-1-de-14-de-dezembro-de-2016 Acessado em : 2 de mar. 2020.
  • IBRAM. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, DE 02 DE JULHO DE 2018.
    Disponível em: www.museus.gov.br Acessado em: 2 mar. 2019. 9
  • IBRAM. Resolução Normativa Nº 2, de 29 de maio de 2019, que regulamenta a Declaração de Interesse Público (DIP) de bens culturais musealizados ou passíveis de musealização.
    Disponível em: www.museus.gov.br
  • IBRAM. Declaração de interesse público.
    Disponível em: www.museus.gov.br
TÉCNICAS DE EXPOSIÇÕES:
  • ​AMBROSE, Timothy; RUNYARD, Sue (Orgs.). Forward Planning: A Handbook of Business, Corporate and Development Planning for Museums and Galleries. Agawam: Routledge, 2012.
  • CURY, Marília Xavier. Exposição: concepção, montagem e avaliação. Cap.1. São Paulo: Annablume. 2005.
  • HERREMAN, Yani. Exposição, Exibições e Mostras. In: ICOM. Como gerir Museus. ( P. 99- 108).
    Disponível em: Manual-Como-gerir-um-museu Acessado em: 18 de nov. 2019.
  • IBRAM. Para fazer uma exposição. Brasília, DF: IBRAM, 2017. Série Caminhos da Memória, 1. 88p. Disponível em: www.museus.gov.br Acessado em: 18 nov. 2019.
  • IBRAM. Coordenação de Acervo Museológico – Camus ( Org.) .Subsídios para a elaboração de Planos museológicos. 113p. Disponível em: www.museus.gov.br Acessado em 29 fev.2020.
  • LORD, Gail; MARKERT, Kate. The Manual of Strategic Planning for Museums. Plymouth: AltaMira Press, 2007.
  • CAMISÃO, Verônica. Manual para acessibilidade aos prédios residenciais da cidade do Rio de Janeiro. Disponível em: www.ibam.org.br
    Acessado em: 18 de nov. 2019
  • Werneck, Ana; Maria Azeredo Furquim; Costa, Thiago Carlos; Pereira, Angelina Gonçalves de Faria. Planejamento e Gestão de Exposições em Museus: Caderno 03. Belo Horizonte: Secretaria de Estado de Cultura/Superintendência de Museus e Artes Visuais de Minas Gerais, 2010. 28p.
    Disponível em: www.cultura.mg.gov.br Acessado em: 18 de nov. 2019.

 

RELEVÂNCIA SOCIAL DOS MUSEUS:
  • ​ICOM. Código de Ética para Museus (ICOM).
    Disponível em: www.icom.org.br Acessado em: 18 jan. 2019.
  • IBRAM. Estatuto de Museus.
    Disponível Em: www.planalto.gov.br
    Acessado em: 18 jan. 2019.
  • JUNIOR, José do Nascimento; TRAMPE, Alan; SANTOS, Paula Assunção dos . IBERMUSEUS. Mesa redonda. 2012. Vol. 1. Disponível em: www.ibermuseus.org Acessado em: 2 maio.2020.
  • JUNIOR, José do Nascimento; TRAMPE, Alan; SANTOS,
    Paula Assunção dos . IBERMUSEUS. Mesa redonda. 2012. Vol. 1. Disponível em:www.ibermuseos.org Acessado em: 2 maio.2020.
  • UNESCO. Declaração de Santiago.
    Disponível em: edisciplinas.usp.br Acessado em: 09 de mai.2020.
  • UNESCO. Declaração de Quebec.
    Acessado em: www.icomos.org Acessado em: 9 de maio. 2020.
  • UNESCO. Recomendação referente à Proteção e Promoção dos Museus e Coleções, sua Diversidade e seu Papel na Sociedade .
    Disponível em: www.icom.org.br Acessado em: 9 jun. 2020
INSTRUÇÕES INTERNACIONAIS:
  • PRIMO, J. (1). Museologia e património: documentos fundamentais. Cadernos De Sociomuseologia, 15(15). Disponívem em: revistas.ulusofona.pt Acessado em 8 junh. 2020.
  • Fiankan-Bokonga. Catherine. Uma resolução histórica para proteger o patrimônio cultural. UNESCO. Disponível em: pt.unesco.org. Acessado em: 6 de junh de 2020.

 

CONVENÇÕES:
  • Convenção para a Proteção de Bens Culturais em caso de Conflito Armado (1954) e os seus dois Protocolos (1954 e 1999);
  • Convenção Relativa às Medidas a Adotar para Proibir e Impedir a Importação, a Exportação e a Transferência Ilícitas de Propriedade de Bens Culturais (1970);
  • Convenção para a Proteção do Património Mundial, Cultural e Natural (1972);
  • Convenção sobre a Diversidade Biológica (1992);
  • Convenção do UNIDROIT sobre Bens Culturais Roubados ou Ilicitamente Exportados (1995);
  • Convenção Sobre a Proteção do Património Cultural Subaquático (2001);
  • Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial (2003);
  • Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais (2005);
  • Pacto Internacional sobre os Direitos Económicos, Sociais e Culturais (1966);

 

RECOMENDAÇÕES:
  • Recomendação sobre os Princípios Internacionais Aplicáveis a Escavações Arqueológicas (UNESCO, 1956);
  • Recomendação Relativa aos Meios Mais Efetivos de Tornar os Museus Acessíveis a Todos (UNESCO, 1960);
  • Recomendação Relativa às Medidas a Adotar para Proibir e Impedir a Importação, a Exportação e a Transferência Ilícitas da Propriedade de Bens Culturais (UNESCO, 1964);
  • Recomendação sobre a Proteção, no Plano Nacional, do Património Cultural e Natural (UNESCO, 1972);
  • Recomendação relativa ao Intercâmbio Internacional de Bens Culturais (UNESCO, 1976);
  • Recomendação para a Proteção dos Bens Culturais Móveis (UNESCO, 1978);
  • Recomendação sobre a Salvaguarda da Cultura Tradicional e Popular (UNESCO, 1989);

 

DECLARAÇÕES:
  • Declaração Universal dos Direitos Humanos (1949);
  • Declaração dos Princípios de Cooperação Cultural Internacional (UNESCO, 1966);
  • Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural (UNESCO, 2001);
  • Declaração sobre a Destruição Intencional de Património Cultural (UNESCO, 2003);
  • Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas (2007).

 

ORGANIZAÇÕES E PROJETOS DE PESQUISA:
  • ​ONU. O que são os direitos humanos? Disponível em: nacoesunidas.org Acessado em: 8 ago. 2021.

 


SITES IMPORTANTES:

 

UNESCO/ BR
www.unesco.org
ONU
nacoesunidas.org
ICOM/BR
www.icom.org.br
ICOFOM
network.icom.museum
CECA
network.icom.museum/ceca

CGI (COMITÊ GESTOR DA INTERNET)
www.cgi.br

BIBLIOTECA VIRTUAL DE DIREITOS HUMANOS ( UNESCO/USP)
www.direitoshumanos.usp.br

IBRAM ( Instituto Brasileiro de Museus)
www.museus.gov.br

HISTÓRIA DA MUSEOLOGIA (UniRio)
historiadamuseologia.blog

EXPERIÊNCIAS VIRTUAIS:

 

Museu RTP:

museu.rtp.pt

museu.rtp.pt

 


 

 


EQUIPE:

Estudantes:

Caue Dominici  Lopes – Graduando em Museologia (MUS/FCI/UnB).

Fernanda Félix – Graduanda em Museologia (MUS/FCI/UnB).

Gabriela Kalindi Lima – Graduanda em Museologia (MUS/FCI/UnB).

Kátia Brito – Graduanda em Museologia (MUS/FCI/UnB).

João Victor Santos  – Graduando em Biologia (Bio/ICB/UnB).

Lucas Moraes Azevedo – Graduando em Pedagogia (Pedago./FE/UnB).

Raquel Teixeira Rodrigues- Graduanda em Arquitetura (Arquit./ FAU/UnB).

 

Estagiárias:

Débora Rita – Graduanda em Museologia (MUS/FCI/UnB).

Fabiana Mejia – Graduanda em Museologia (MUS/FCI/UnB).

 

Coordenação :

Profa. Dra. Monique Magaldi (MUSEOLOGIA/FCI/UnB).

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER!

Museologia Virtual | UNB – Brasília – DF © 2021. Desenvolvido por: Making Digital Brasília